XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira homenageia Helena Almeida e apresenta 270 obras de 318 artistas

Com direção artística de Helena Mendes Pereira, o evento irá manter o formato adotado desde a primeira edição (1978), tendo como orientações programáticas: homenagem a Helena Almeida, país convidado — Japão, concurso internacional, artistas convidados, conferências internacionais, residências e intervenções artísticas, atividades em todo o concelho de V. N. de Cerveira, polos de exposição no Minho e na Galiza, projetos curatoriais, oficinas e visitas orientadas e arte em espaço público.

Fonte: comunidadeculturaearte.com, 11 Julho 2022

Leia o artigo completo aqui.

Partilhe este artigo nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *