Marta Pais de Oliveira recebe prémio Nortear

Marta Pais de Oliveira recebeu, nesta quarta-feira, o prémio literário Nortear, que distingue jovens da região Galiza-Norte de Portugal. O conto em prosa “Medula” foi o escolhido pelo júri, entre 40 candidatos à edição deste ano. A cerimónia decorreu no Museu do Mar, na cidade galega de Vigo.

Em declarações ao JN, a autora referiu que ainda está a dar os primeiros passos na escrita, pelo que o prémio é “um incentivo”. No seu entender, por vezes, “o difícil não é só começar, é continuar”.

O que a inspirou a escrever “Medula” foi um facto “perturbador”. E explica: “Já foram criados ministérios da Solidão no Japão e no Reino Unido”, o que a levou a questionar-se sobre a solidão nos tempos que correm. “Nunca estivemos tão ligados mas, ao mesmo tempo, tantas vezes tão alienados e tão distantes”, refere.

Fonte: jn.pt, 21 Dezembro 2022

Leia o artigo original aqui.

Partilhe este artigo nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *