Medicamentos prescritos em Portugal vão poder ser levantados na Galiza

A prescrição e dispensa de medicamentos em farmácias dos dois lados da fronteira entre Portugal e Espanha foi um dos exemplos hoje apontados pela secretária de Estado da Promoção da Saúde para garantir que a cooperação entre os dois países na área da saúde é para “estreitar”.

Margarida Tavares, que discursava em Valença, na assinatura do memorando de entendimento entre o INEM e a congénere espanhola AXEGA para a constituição do 112 Transfronteiriço, adiantou que “a prescrição e dispensa de medicamentos em farmácias dos dois lados da fronteira vai trazer não só um ganho individual, mas também ganhos económicos que favorecerão os fluxos entre os dois países”.

Fonte: ominho.pt, 14 Dezembro 2022

Leia o artigo original aqui.

Partilhe este artigo nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *