A Junta da Galiza reforça o português na Galiza com colocação em marcha do Observatório da Lusofonia Valentim Paz Andrade

O Governo galego segue trabalhando no cumprimento da Lei 1/2014, do 24 de março, para o aproveitamento da língua portuguesa e vínculos com a lusofonia, conhecida comummente como Lei Paz Andrade. Desta forma, e desde a entrada de Espanha como Observadora Associada na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) em julho de 2021, a junta está a trabalhar para desenvolver todo o potencial desta associação mediante a elaboração de um memorando de entendimento de áreas comuns para as duas partes, o que requer um conhecimento exaustivo e permanentemente actualizado da realidade lusófona em e desde a Galiza.

É neste contexto no que nasce o Observatório da Lusofonia Valentim Paz Andrade, “um órgão colegial criado com o fim de servir como instrumento de consenso para adoptar medidas relacionadas com a lusofonia na Galiza”, indica o secretário geral de Política Linguística, Valentim Garcia, que compareceu esta manhã a pedido do próprio perante a Comissão 4ª do Parlamento da Galiza para dar conta do relatório anual de seguimento da Lei 1/2014.

Fonte: xunta.gal, 20 Janeiro 2023

Leia o artigo completo aqui.

Partilhe este artigo nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *